Como você geralmente faz suas escolhas?

Geral

Postado por: adc


06 de novembro de 2020



Os especialistas alertam que, apesar de no início da pandemia as pessoas terem reduzido gastos, preocupadas com a situação inesperada, com o decorrer dos meses foram desenvolvendo ansiedades de consumo para compensar o isolamento social. E você? Como tem lidado com esse momento? Está conseguindo manter as finanças organizadas ou está aumentando a quantidade de vezes que consome além do necessário?

Às vezes é difícil separar o que é necessidade do que é desejo. Para isso devemos definir o que é “precisar” do que é “querer”. De que realmente você precisa? Daquilo que é essencial para viver e que independe de você querer ou não, como alimentação, por exemplo. Se não nos alimentarmos ficaremos doentes, pois nosso corpo necessita da energia dos nutrientes dos alimentos diariamente. E o que considera-se desejo? Tudo aquilo que você pode viver sem. Certamente você tem necessidade de andar vestido e calçado, mas se escolhe fazer isso optando por marcas de alto valor, então está escolhendo o que deseja e não o que precisa, entendeu?

Veja como uma pesquisa feita pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) constatou essa ansiedade de consumo:

  • 30,8% das pessoas afirmaram estar com as finanças descontroladas por terem consumido além do que precisavam.
  • 32,9% afirmaram comprar sem necessidade, mesmo tendo pouco dinheiro.
  • 40,3% estão ou já estiveram com o nome negativado no SPC por abusarem das compras por impulso.

Depois de ver esses números você deve estar se perguntando: como fazer para evitar que o que eu apenas desejo, não mascare o que eu preciso? Satisfazer os seus desejos de compra não é errado, mas comprometer a sua saúde financeira devido a isso, mostra que a sua atitude não está respeitando o seu orçamento. Procure analisar seus últimos 15 dias de compras, separando NECESSIDADES e DESEJOS. A partir daí, você pode começar a planejar suas futuras compras, listando-as abaixo de cada um destes dois itens. Deste modo, você terá dois benefícios: evitar compras por impulso e avaliar se anda transformando desejos em necessidades. Lembre-se de manter seus investimentos em você e no seu futuro –e poupar é uma ótima forma de fazer isso.


Comentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *