O Consumo do álcool e a quarentena o que mudou ?

Geral

Postado por: adc


04 de agosto de 2020



Você sabia que durante a quarentena o consumo de bebida alcoólica no mundo aumentou consideravelmente? O consumo cresceu tanto que a Organização Mundial da Saúde (OMS) solicitou aos governos que controlassem a venda de bebidas, já que o abuso do álcool pode baixar a imunidade e ainda provocar acidentes domésticos ou violência no lar.

Especialistas explicam que, em geral, as pessoas buscam o álcool como um relaxante para combater a insônia e a ansiedade. Porém, bebida não é remédio e a maioria das pessoas se sente pior depois que o efeito “relaxante” da bebida passa.

A OMS lançou uma comunicação que busca alertar para o consumo abusivo, com o tema ”Bebida de mais, saúde de menos”.

Dentre os riscos de se abusar do álcool estão:

  • Sistema imunológico enfraquecido: aumento da vulnerabilidade às infecções.
  • Aumento da ansiedade: quando o efeito inebriante passa os problemas permanecem.
  • Agressividade: pode gerar violência doméstica causando sérios problemas a toda família.
  • Vício: quem tem predisposição à dependência pode se tornar alcoólatra
  • Saúde geral debilitada: o uso excessivo a longo prazo afeta todos os órgãos.

Algumas dicas para não “embarcar” nessa são:

  • Tenha consciência da quantidade que está ingerindo.
  • Pratique meditação e faça exercícios físicos para combater o estresse e a ansiedade.
  • Evite se intoxicar com notícias sensacionalistas para não ter que relaxar com a bebida.

Comentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *